sexta-feira, 31 de julho de 2009

A Beleza do Simples

Trabalhar é bom e é preciso.
Trabalhar conhecendo coisas novas, é melhor ainda!
Nas andanças a trabalho, tive a grata oportunidade de conhecer Mucugê. Localizada a cerca de 450km de Salvador, a linda cidadezinha cuja sede abriga pouco mais de 6 mil habitantes, na Chapada Diamantina, encontra-se a 960m de altitude rodeada de montanhas e com temperaturas médias entre 18º e 19º graus. O município, que abriga
um conjunto arquitetônico de valor histórico cultural, uma relíquia do Ciclo do Diamante, o Cemitério Santa Isabel, em estilo Bizantino (único das Américas), é tombado pelo IPHAN, como Patrimônio Histórico Nacional. Como se não bastasse tudo isso, ainda encontramos uma feirinha ao ar livre, biscoitos e café fresquinhos, além de esfirras quentinhas saídas do forno a lenha.
Uma bela oportunidade de viajar no tempo e voltar a admirar as coisas simples e belas da vida!





terça-feira, 28 de julho de 2009

SALVA VIDAS - LARANJA


O meu texto contra a "imbecilização feminina" começa a dar frutos. Segue um trecho do e-mail que recebi ontem de minha amiga Andréa Maia, para minha felicidade, um dos espécimes femininos mais inteligentes que conheço.
______________________________________

"Deia, o Rolly esta tão, mas tão estressado que terminou descontando em um vendedor de uma loja de brinquedo em Porto Alegre. Explico, ele tinha saído para comprar presentes para as crianças e, depois de andar em algumas lojas chegou a uma triste conclusão: não existem brinquedos inteligentes para meninas !!!!!!!! apenas `coisinhas CRICRI´, ou seja bonecas e utensílios domésticos. Minha filha é muito inteligente e vocês querem transformá-la apenas em uma dona de casa ??????? (nada contra, mas queremos que Ise estude) acho ate que se existisse uma Barbie ´Simone de Beauvoir´ até que ele teria encarado. Terminou comprando um colete salva vidas laranja".
_____________________________________________________________________
Terminei a leitura imaginando quantos pais já passaram por isso, tentei lembrar qual o brinquedo mais interessante que tive e, sinceramente, só lembrei das Barbies e Suzys (versão mais barata da 1ª). Tomei um susto ao constatar que, no fundo, engolimos diariamente o discurso de igualdade de gêneros, liberação feminina e blá blá blá mas continuamos sendo "programadas" para perseguir o mesmo que nossas bisavós: uma casa linda e um marido amantíssimo. Só que com um detalhe extra: temos que ser profissionais ultra-competentes e agressivas (se equilibrando em cima de um salto 15!), esposas fantásticas, mães exemplares e donas de casa incorrigíveis. Tudo ao mesmo tempo!
Tive vontade de conclamar meus amigos a uma caça às Barbies. Acabei me convencendo que também preciso de um colete salva vidas, de preferência, laranja.

sábado, 25 de julho de 2009

10 razões para ser fã do Dado Dolabela (Yes, we can)

Essa contribuição veio do meu irmão...
Incrível como concordo com as conclusões dele, mesmo sem nunca ter assistido A Fazenda!

Assisto A FAZENDA, admito. Consumir cultura inútil é um hobby, além do que, só se pode criticar o que se conhece, olha que boa desculpa.
O que não entendo, em conversas com amigos, é a aversão da maioria ao ator/cantor/compositor/modelo/filósofo/poeta Dado Dolabela.
Veja bem: pessoas como o Dado, o Latino, a Joelma, e outros da mesma seara de talentos musicais/cênicos, sempre são taxadas e rotuladas, principalmente pelos intelectuais, que os classificam geralmente como “burros” mesmo. Um burro como o Latino ou a Joelma vendem milhões de discos. Um burro como o Dolabela tem milhares de fãs, centenas de comunidades no orkut, privilégios, mimos, e grana, muuuuuita grana. Eles são os “burros”?
Resolvi, como exercício de tolerância, enumerar 10 razões pelas quais eu, eu mesmo, admiro o Dado Dolabela.

1 – Assim como os gênios Frank Sinatra, Elvis Presley, Fábio Jr. E Maurício Mattar, ele é um cantor que atua, além de um ator que canta;
2 – Ele não só peitou o João Gordo como o acusou, com muito conhecimento do assunto, de ser um traidor do movimento punk;
3 – Ele (supostamente) deus uns tapas na Wanessa (ex-Camargo), coisa que eu mesmo adoraria fazer;
4 - Ele (supostamente) deus uns tapas na Luana Piovani, coisa que eu mesmo, por razões bem distintas das referentes à Wanessa, adoraria fazer...
5 – Ele foi preso injustamente;
6 – Ele tem consciência social, principalmente em relação à água;
7 – Ele, em suas próprias e sábias palavras, é “um cara da paz, que tem uma energia muito boa”;
8 – Como não admirar um cara que canta “vem ni mim que eu sou facim”?;
9 – Como não lembrar de Vinícius, Tom ou Toquinho quando dado solta o verso “quero fazer um sol do seu grande rolex/ pra poder ver o dia mais claro e relax”?
10 – E por último, mas não menos importante, ele nasceu no dia do amigo.
Se o Dado é burro, não sei, ou prefiro não opinar, talvez. Mas ele, burro, tá juntando dinheiro a rodo todo dia, recebendo quantias absurdas de dinheiro só pra ser “ele mesmo”.
Nós, inteligentes, perdemos tempo. Eu escrevendo essa besteira. Você lendo.

Álesson Paiva

Pesquisar é preciso...

Ler determinadas revistas não é preciso!!

A banalização do tema da massagem tântrica, sobre o qual escrevi, abaixo (Tempos Modernos II), me instigou a procurar mais informações sobre o assunto e o que descobri foi que a massagem tântrica é um estilo de massagem que tem como base o Tantra, uma filosofia surgida em 2.500 a.C.. O Tantra tem como objetivo despertar a energia Kundalini, que é a energia vital que dá movimento à vida e consequentemente todos os processos energéticos, emocionais, mentais e fisiológicos dos indivíduos. Esta energia aloja-se nos seres em seus órgãos reprodutores. Os adeptos dessa filosofia acreditam que, para obterem uma vida próspera, terão que ativar essa fonte de vida para os pontos de energia superiores (chakras), função essa exercida através das Terapias Corporais Tântricas. É aí que entram as massagens que, através dos estímulos trabalhados em pontos adormecidos no corpo, proporcionam além de um prazer intenso, maior concentração nos aspectos físico, mental e espiritual, eliminando ansiedade e estresse, levando ao equilíbrio, paz, calma e autoconhecimento. Em tudo o que li, fica claro que o prazer sexual exerce um papel importante, porém, é tratado como meio ou, no máximo, conseqüência do processo como um todo! Totalmente diferente da abordagem da matéria que o tratou como único fim.

Não sei se o erro foi da repórter que escreveu, se foi da tal clínica que deixou a filosofia de lado e foi direto ao ponto (no caso, o ponto G da repórter) ou uma opção deliberada da revista para chamar atenção e vender mais. Na verdade, nem sei se acredito nessa tal filosofia também. O que não acredito mesmo é que, vira e mexe, volto a comprar esse tipo de publicação, na esperança de encontrar nelas algo além de um monte de clichês e chavões repetitivos que imbecilizam cada vez mais as mulheres que se deixam guiar por esse amontoado de desinformação!!

domingo, 19 de julho de 2009

Tempos Modernos II

E eu que me considerava uma mulher moderna....

Praticar masturbação na ausência do parceiro não é traição, certo?
E quem é pago para dar prazer sexual a outra pessoa está se prostituindo?
Nunca pensei que questões tão prosaicas pudessem me gerar dúvida a essa altura da vida. Mas tudo se embaralhou após uma reportagem que li na revista NOVA desse mês. Nela uma abnegada repórter resolve desbravar um estabelecimento em São Paulo que oferece "massagem tântrica" na vagina, prometendo satisfação e prazer delirantes. No estabelecimento profissional a mesma recebeu alguns minutos de masturbação (oops, desculpe), massagem tântrica, realizada por uma distinta senhora devidamente paramentada com luvas cirúrgicas, lubrificante e vibrador e voltou pra casa feliz e satisfeita após cinco orgasmos e uma conta de 290 reais. Por via de dúvidas, achou melhor não contar nada para o namorado. Sabe-se lá, se ele não poderia achar que ela o traiu com uma prostituta coroa e pervertida, né?!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

CURIOSO

Recebi de um amigo

PENSAMENTO DO DIA EM 1867...

"Os donos do capital vão estimular a classe trabalhadora a comprar bens caros, casas e tecnologia, fazendo-os dever cada vez mais, até que se torne insuportável. O débito não pago levará os bancos à falência, que terão que ser nacionalizados pelo Estado"

Karl Marx, in Das Kapital, 1867

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Cultura Nordestina



Mais uma contribuição oriunda das andanças de meu pai...
As fotos acima mostram cenas do cotidiano de Padre Cícero expostas no Museu Vivo do Padre Cícero, localizado no Casarão do Horto em Juazeiro do Norte-CE. Os personagens, feitos de resina de poliéster (cabeça e mãos), foram criados pelo artista plástico pernambucano Mozart Albuquerque Guerra. São várias cenas, uma dasmais bacanas apresenta ele deitado numa rede, pena que a resolução não ficou tão boa que desse pra publicar!

terça-feira, 14 de julho de 2009

Boa Notícia

Incrível imaginar que passamos esses anos todos nos pesando da forma errada!

Contribuição de uma amiga querida que descobriu como acabar com a angústia das mulheres diante da balança!!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Pau dos Ferros na ONU

Passear pelo interior me proporciona um prazer enorme e, de quebra, ainda rende um punhado de histórias engraçadas. Não sei em outros lugares mas, ao menos, em Pau dos Ferros as casas de "diversão para homens" são chamadas de boyte ou drinks. Pois bem, estava eu a caminho da roça quando meu pai me chamou a atenção para a casa noturna "Jackeline Drinks" e o texto na parede do imóvel onde estava escrito a lápis:
"Jackeline não está mais aqui. Ela encontra-se nas nações unidas".
Teria a dita cuja sido enviada em missão internacional? O que a mesma teria feito para receber tão honrosa atribuição? Nem deu tempo de devanear muito e meu pai esclareceu: as "Nações Unidas" encontram-se a poucos quilômetros dali e trata-se de um bairro da periferia de Pau dos Ferros mesmo!

Babaquice Indoor



A Globalização veio mesmo para ficar e não tem volta, certo?

Observando alguns aspectos, às vezes preferia que não!
Em andanças pelo interior do Rio Grande do Norte em época de festejos juninos, deparei-me com um anúncio de beira de estrada, no mínimo, curioso:

“Alefolia – carnaval indoor com camarote Front Stage”.
Que massa, né?! Esse é realmente o tipo de informação que faz toda a diferença, sobretudo se pensarmos que estamos falando na divulgação de um carnaval fora de época (por que eles não promovem um bom carnaval na época certa?!), numa cidade do interior do interior do interior do Estado do RN, com 15 mil habitantes e cuja principal fonte de renda é a agricultura!
Não bastasse a adesão total à babaquice dos carnavais fora de época, eles ainda copiam na íntegra os estrangeirismos da moda, colocando na lata do lixo a rica cultura regional. Sorte deles que Ariano Suassuna não anda por aquela região!
Salve o xote, o forró e o xaxado e viva a Luis Gonzaga o nosso rei do baião!

domingo, 12 de julho de 2009

Tempos Modernos





Você entende o significado da revolução feminina quando:


Sai do trabalho direto pro bar com uma amiga,

Toma todas,

Fala de homens,

Reclama do chefe,

Volta pra casa bêbada,

Faz sexo rápido com o marido - que está te esperando, e...

Cai em sono profundo minutos depois!

VIVA AOS PARLAMENTARES BRASILEIROS!!

video

TROCA MAIS DO QUE JUSTA

(Texto recebido via e-mail)

Sou professor de Física, de ensino médio de uma escola pública em uma cidade do interior da Bahia e gostaria de expor a você o meu salário bruto mensal: R$650,00
Isso mesmo! E olha que eu ganho mais que outros colegas de profissão que não possuem um curso superior como eu e recebem minguados R$440,00. Será que alguém acha que, com um salário assim, a rede de ensino poderá contar com professores competentes e dispostos a ensinar?
Descobri que um parlamentar brasileiro custa para o país R$10,2 milhões por ano. São os parlamentares mais caros do mundo. O minuto trabalhado aqui custa ao contribuinte R$11.545.
Na Itália, são gastos com parlamentares R$3,9 milhões, na França, pouco mais de R$2,8 milhões, na Espanha, cada parlamentar custa por ano R$850 mil e na vizinha, Argentina, R$1,3 milhões. Trocando em miúdos, um parlamentar custa ao país, por baixo, 688 professores com curso superior! Diante dos fatos, gostaria muito, amigo, que você divulgasse minha campanha, na qual o lema será:

"TROQUE UM PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES".